Como lidar com pessoas difíceis no ambiente de trabalho

Você pode tomar atitudes que ajudam a melhorar o relacionamento com os colegas de trabalho

Você pode aprender a lidar com pessoas difíceis no ambiente de trabalho

 

Sempre digo que família nós amamos sem explicação, amigos nós escolhemos por afinidade e o colega de trabalho quem escolhe é o RH.

Algumas vezes, a incompatibilidade é notória e é preciso conviver com alguém que tem interesses e comportamentos muito diferentes dos seus. E, para garantir o bom clima e a qualidade na produtividade, o melhor é manter um bom relacionamento com a equipe. Tarefa nem sempre simples, não é mesmo?

Tem o chato, o inconveniente, o inflexível, o galanteador e muitos outros perfis dentro das empresas. No geral, no momento da entrevista, o RH avalia o perfil do funcionário com base nas necessidades de desempenho e competências técnicas. Existe a preocupação com a integração do funcionário, mas este não é o ponto decisivo. Nem todos serão grandes amigos, mas precisam trabalhar lado a lado para conquistar os melhores resultados.

A maior mudança é sempre a que vem de dentro, então aproveite o momento para refletir sobre você e as mudanças que precisa fazer. Exercite alguns comportamentos vão te ajudar a lidar com pessoas difíceis:

Ouça com sua atenção voltada ao discurso mais do que para sua resposta. Parece óbvio, mas este é um comportamento comum no ambiente profissional, principalmente quando a pessoa entende que precisa dar uma resposta imediata. Agir desta maneira dificulta a comunicação pois não te permite compreender todos os pontos da conversa.

Seja positivo. É muito difícil trabalhar ao lado da pessoa que percebe defeitos e dificuldades em tudo. Avaliar riscos é muito diferente de ser pessimista. Ao ser uma pessoa positiva e realista, você transmite confiança e segurança para o grupo, tendo mais possibilidades de encontrar alternativas interessantes para as situações.

Busque alternativas para resolver o problema mais do que ficar preso nas dificuldades. Pessoas que buscam soluções direcionam a atenção e a energia para o ponto de mudança e tendem a ter melhores resultados. Ajudar os colegas a buscarem soluções mais eficientes pode ser o ponto de fortalecimento do grupo. Tome cuidado para não ultrapassar barreiras no relacionamento. Oferecer ajuda é diferente de se intrometer nas decisões dos demais.

Exercite uma forma de lidar com as situações e com as pessoas difíceis de uma maneira equilibrada, agindo com coerência e de acordo com a necessidade e a intensidade da situação. Cada vez que você reage de uma forma agressiva, desrespeita a outra pessoa e o ambiente de trabalho. Ouvir, se disponibilizar para resolver a situação e ter empatia pelo outro são as melhores alternativas.

Jamais espere que a mudança comece pelo outro, quando você perceber que existe espaço para melhorias, vá e faça.

Simone Steilein Nosima – Psicóloga e Coach – CRP: 08/09475